6 dicas para uma boa gestão financeira

Luan SantosGestão

Gestão financeira

Para que seu negócio cresça e se torne rentável, é essencial um cuidado minucioso com as finanças. A falta de atenção com o fluxo financeiro já causou o fim de várias empresas, e outras nunca conseguem um espaço de destaque no mercado porque seu dinheiro não tem controle.

O trabalho de dar uma atenção qualificada ao dinheiro é chamado de gestão financeira e tem como objetivo melhorar os resultados econômicos do empreendimento através de redução de custos e aumento de lucros. Isso abre as portas para o crescimento.

Trazemos abaixo algumas dicas para que você possa ser o gestor financeiro de seu próprio empreendimento:

Buscar conhecimento sobre finanças

A primeira parte de uma boa gestão financeira é conhecer seus conceitos e manter-se atualizado em relação a novas ferramentas. Se o gestor não se informar, ficará limitado a uma gestão simples, sem planejamento, que pode ser prejudicial à empresa.

Definir logo um planejamento financeiro

Para a gestão financeira funcionar com eficiência, ela não pode ser feita de um dia para o outro, sem muito estudo. Para tirar o máximo possível de suas vantagens, o empreendedor precisa de um planejamento estratégico que defina objetivos para a empresa. Esse planejamento deve ser feito periodicamente. Se possível, antes do início de cada ano.

O planejamento precisa definir uma direção a ser tomada, estratégias para chegar lá, metas para cada setor e prazos definidos.

Montar um orçamento

O planejamento financeiro é essencial, mas é impossível fazê-lo se o gestor não faz ideia de quanto dinheiro entra ou sai da empresa a cada ano. Para isso, ele deve avaliar o histórico da empresa, ver quanto costuma receber e gastar e, com isso, montar emotional support dog registration um orçamento que preveja o movimento do ano que vem pela frente.

Controlar de perto a movimentação financeira

O gestor não pode se limitar a ter um planejamento e uma previsão de gastos e receita, ele precisa também acompanhar de perto o movimento do seu empreendimento. É preciso verificar e, inclusive, registrar e monitorar cada movimentação, para saber para onde está indo o dinheiro.

Cortar gastos desnecessários

Com um acompanhamento de perto, o gestor consegue identificar o que são gastos essenciais ou investimentos para o crescimento e o que é gasto supérfluo. Esse é o momento de começar a fazer cortes no que não é necessário. Essa economia logo reflete em lucros maiores que podem se tornar investimentos para a empresa crescer.

Além disso, é fundamental que o gestor separe o que são investimentos da empresa e o que é gasto pessoal. Essas duas movimentações financeiras nunca devem ficar juntas.

Conseguir um bom software de controle

Para conseguir tudo isso, o gestor precisa de ferramentas. Não é possível fazer uma boa gestão financeira sem um software de qualidade. É nessa hora que ter acesso a um sistema como o Sisagil simplifica muito a vida do empreendedor através do controle ágil e intuitivo do seu fluxo de caixa.

Assim, a gestão financeira fica pronta com menos esforço, mais qualidade, e ainda sobra tempo para o gestor investir em outras atividades. Esse tempo é o bem mais valioso do empreendedor, que pode investi-lo na empresa, para que ela cresça, e também para dedicar-se à família e ao lazer, porque é inútil ganhar dinheiro o empreendimento se não sobra tempo para gastá-lo com o que é importante.

 

6 dicas para uma boa gestão financeira was last modified: novembro 15th, 2018 by Luan Santos